terça-feira, 17 de abril de 2012

OGMA vai dar prémio médio de 1200 euros aos trabalhadores





A OGMA-Indústria Aeronáutica de Portugal comuniciou hoje que obteve lucros de 10,8 milhões de euros em 2011.
As receitas subiram 17,4% para 141,1 milhões de euros, sendo 94% alcançado fora de Portugal.

A administração decidiu que quase metade dos lucros obtidos no ano passado serão entregues aos trabalhadores e accionistas.
Aos 1500 colaboradores vão caber 1,8 milhões de euros o que significa um prémio, em média, de 1200 euros por trabalhador, acrescido ao salário do mês de Abril.
Já os accionistas recebem 3,2 milhões de euros. Como a empresa é detida em 65% pela brasileira Embraer e 35% pelo Estado Português, através de Empordef, ao Estado caberá 1,12 milhões de euros de dividendos.

"Para além das crescentes adversidades do mercado, o ano de 2011 também foi marcado pelo estreitamento das relações com os clientes em todos os continentes, e a nível interno, com uma gestão rigorosa de custos e com investimentos significativos em formação, melhoria de processos e novas tecnologias", disse Almir Borges, presidente da OGMA, no referido comunicado.


A OGMA é uma empresa criada em 1918 com o nome de Oficinas Gerais de Material Aeronáutico que, nas instalações em Alverca, se dedica à fabricação e manutenção de aeronaves.
Em 2003 o governo português decidiu privatizar a quase totalidade do seu capital o que veio tornar a empresa mais competitiva à escala mundial, permitindo a sua expansão para novos mercados.
Nos três anos seguintes o volume de negócios duplicou, o que conduziu, em 2005, à actual situação, em que o Estado português detém cerca de um terço do capital da empresa e o restante é privado.

É uma empresa qualificada no mercado da aviação tanto civil como militar. Tem a capacidade de entregar no mundo inteiro montagens e sub-montagens de Aeroestruturas e subconjuntos, sejam materiais metálicos ou compósitos, tais como fuselagens, asas, estabilizadores horizontais e verticais, portas, carenagens e outros importantes componentes da estrutura.
É ainda um centro de manutenção autorizado para os produtos de diversos fabricantes como sejam a Lockheed Martin, a Embraer e a Rolls-Royce, entre outros.

Actualmente existem quatro vagas em aberto na OGMA:
  • Operador Máquinas Ferramentas
  • Operadores de Processos Especiais
  • Mecânico de Motores
  • Engenheiro de Qualidade Produto Fabricação
podendo os CV ser enviados para o email rh_cv@ogma.pt.


Sem comentários:

Publicar um comentário